A narrativa é envolvente, profundamente humana. Evaldo mostra como o esporte e a educação podem transformar a vida de centenas de crianças refugiadas.

Evaldo descreve a rotina vivida pelos sobreviventes do maior genocídio da história da África: ‘Pessoas que tinham todos os motivos para se revoltar contra tudo e contra todos, que teriam mil razões para passar o dia lamentando seu destino… acordam cantando, rezando e agradecendo ao Criador pelo dom de sua existência. Meus problemas ficavam pequenininhos diante dos relatos que ouvia diariamente. Sim, a África, os refugiados, os amigos que fiz no Dzaleka! Em sua fraqueza, me fizeram mais forte. Em seu canto, me trouxeram inspiração. Em sua luta dramática pela comida de cada dia, me mostraram que o mundo só pode ser melhor se pudermos diminuir o abismo que hoje separa esses nossos irmãos do resto do planeta…O que você faria se tivesse que viver com apenas 3 dólares por mês? (...) Não sei exatamente como consegui voltar, com toda a África em lockdown. Mas, sei muito bem porque fui!’

 

REFUGIADOS INVISÍVEIS, LIÇÕES DE DZALEKA

R$ 45,00Preço
IPI / ICMS / ISS não incl.